Mulher-Maravilha | Warner planeja campanha para levar o filme ao Oscar

Comentarios

Depois do sucesso de publico e crítica, a Warner Bros. quer alavancar Mulher-Maravilha para concorrer ao Oscar 2018. Os executivos ainda não revelaram o desejo publicamente, mas segundo fontes internas da Variery, o estúdio tem grandes esperanças que este seja o primeiro filme de quadrinhos a ser indicado para a categoria de “Melhor Filme.”

Também há o interesse de lançar Patty Jenkis como uma possível indicada ao prêmio de “Melhor Diretor (a)”. Nenhum diretor de filme de super-herói conseguiu essa indicação até então (nem mesmo o Nolan). No mais a categoria é totalmente liderada por homens desde 2010, quando Kathryn Bigelow ganhou um Oscar por Guerra ao Terror.

Variety ressalta que este investimento para essa campanha não seria pequeno e que muito seria investido para enviar DVDs aos votantes da Acadêmia. Em 2009, a Warner também fez uma campanha, mas falhou e não conseguiu uma indicação para O Cavaleiro das Trevas.

No mundo todo, o primeiro filme da heroína da DC faturou US$ 781  milhões e teve um custo de produção de US$ 149 milhões. O segundo do filme da heroína já foi confirmado e rumores apontam que a sequência se passará nos anos 80, durante a Guerra Fria, e terá o retorno de Chris Pine como Steve Trevor.

Geoff Johns revelou que está desenvolvendo o roteiro ao lado de Patty Jenkins, que apesar de não ter assinado o contrato ainda, deve voltar para dirigir a sequência.

O filme solo da Mulher-Maravilha é dirigido por Patty Jenkins e conta com Gal Gadot, Chris Pine, Connie Nielsen, Robin Wright, David Thewlis, Danny Huston, Elena Anaya, Ewen Bremner e Saïd Taghmaoui no elenco. O roteiro foi escrito por Geoff Johns e Allan Heinberg, baseado em uma história de Zack Snyder e Allan Heinberg.



#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ WhatsApp Linkedin Technorati Digg