Estreias da Semana 19/01

Comentarios


Olá, Gnominhos!

Você que lê desde a estreia dessa coluna já deve saber, mas é sempre bom lembrar: Nós damos apenas as nossas expectativas pelos filmes que estrearão na semana, logo NÃO É NOSSA CRÍTICA FINAL.

Então vamos lá para semana de estreias mais musical do mês!



La La Land (Paris Filmes)

Sinopse:

Ao chegar em Los Angeles o pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) conhece a atriz iniciante Mia (Emma Stone) e os dois se apaixonam perdidamente. Em busca de oportunidades para suas carreiras na competitiva cidade, os jovens tentam fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso.

O que a gente acha?

Lembra de Whiplash? Aquele filmaço do baterista com o Miles Teller. Pois é, o diretor dele voltou com La La Land, um musical aclamado pela critica internacional e que ganhou uma porrada de prêmio (inclusive no Globo de Ouro).

O diretor e roteirista Damien Chazelle, já mostrou que sabe escrever um roteiro redondinho e gostoso e a direção que consegue te levar fundo na emoção. Os trailers estão lindíssimos, a direção de arte parece que vai tá foda, vai ter o Ryan Gosling, ótimo ator (mas overrated, u.u) e a super carismática e fofinha Emma Stone. Não dá pra esperar pouco desse filme.

Então o hype tá lá em cima: Trem do Hype passaaaaaando! (PIIIIIIIIUUUUÍÍÍÍ).



xXx: Reativado

Sinopse:

Xander Cage (Vin Diesel) desiste de sua aposentadoria quando Xiang, um guerreiro alfa mortal, coloca suas mãos em uma arma indestrutível chamada de "Caixa de Pandora". Xander recruta os melhores soldados do mundo para destruir o vilão e paralelamente tem que enfrentar uma resistência formada por governos corruptos de todo o mundo.

O que a gente acha?

Depois do estouro da franquia Velozes e Furiosos, Vin Diesel ganhou um moral da p*rra, aí agora tá só desenterrando suas outras franquias, como foi com Riddick, agora vem com xXx.

Os filmes costumam entregar um enlatadão cheio de ação desenfreada, mulheres de biquíni, porrada, porrada, frases de efeito (vergonhosas) e mais porrada. Não tem alma alguma no projeto e esse é o problema. Dormiram no tempo, não evoluíram, parecem os filmes do começo da década passada que saiam direto pra DVD. O que é uma pena, Diesel é um ator ruim, mas tem carisma demais com seu público.

Mas, bem, se você quer ver Vin Diesel sem blusa, peitos (uuuuhh! BOOooOoooBS) e manobras RADICAIS, DA HORA, DIXXXCOLADÉRRIMAS (coloque aqui outras gírias bregas), vai lá, cara, acho que tu vai se divertir. Mas eu? Prefiro o filme do Pelé.



Manchester à Beira-Mar (Sony Pictures)

Sinopse:

Lee Chandler (Casey Affleck) é forçado a retornar para sua cidade natal com o objetivo de tomar conta de seu sobrinho adolescente após o pai (Kyle Chandler) do rapaz, seu irmão, falecer precocemente. Este retorno ficará ainda mais complicado quando Lee precisar enfrentar as razões que o fizeram ir embora e deixar sua família para trás, anos antes.

O que a gente acha?

Bem, o que falar sobre esse filme? Sei lá.

Achou que a gente ia falar sobre TODOS os filmes? Não vamos (SURPRISE!). Como já foi explicado, aqui é uma coluna totalmente opinativa, então só falamos o que nosso coração sente e sinceramente não sei o que esperar desse filme. Não conheço o diretor, não conheço bem a carreira do Casey Affleck, então acho que vou ficar no "Não assisti. Não posso opinar", rsrsrs.

Próximo!



Penetras 2 - Quem Dá Mais? (Universal Pictures)

Sinopse:

Internado em uma clínica psiquiátrica, Beto (Eduardo Sterblitch) está desolado por ter sido enganado por Marco (Marcelo Adnet), o malandro que considerava seu amigo. Até que um dia ele recebe uma notícia que muda os rumos da sua vida e de seus parceiros, Laura (Mariana Ximenes) e Nelson (Stepan Nercessian). Logo depois, os três conhecem o milionário Santiago (Danton Mello) e o mafioso russo Oleg (Mikhail Bronnikov).

O que a gente acha?

Os Penetras (2012) foi uma decepção, o trailer não prometia lááá essas coisas, mas parecia que ia mostrar algo mais refrescante, os comediantes Adnet e Sterblitch são carismáticos, o filme curiosamente almeja parecer um filme gringo, da estrutura de filme até a fotografia, não que isso seja necessariamente bom, mas já mostrava a vontade de se destacar. Porém carece muito de um bom roteiro, é um filme arrastado.

E, infelizmente, é isso que dá pra se esperar da continuação. O trailer passou muito essa sensação de que não aprenderam com o original. É uma pena, pois como já disse, a dupla principal é muito boa, são dois comediantes que trazem um humor mais nonsense, mais atualizado para o público de hoje.

Filminho méééh a vista. Eu não arriscaria.

#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ WhatsApp Linkedin Technorati Digg